Hatha Contabilidade

Acesso Área Restrita

5 dicas para organizar as finanças da sua empresa

Foto de Amanda Macêdo Amanda Macêdo em 17 de Setembro de 2021

Um dos principais problemas dos empreendedores é a organização financeira do seu negócio. A gente sabe que nem todo mundo gosta de lidar com números e planilhas, porém, para quem quer empreender com sucesso, essa convivência é muito necessária.

Com as finanças em ordem você consegue ter controle sobre o seu fluxo de caixa, planejar investimentos para o negócio e evitar prejuízos no faturamento.

Para te ajudar um pouco, resolvemos listar algumas dicas que podem ajudar você que é micro, pequeno ou grande empreendedor.

1 Tenha uma conta própria para o seu negócio

Parece óbvio, mas é bem comum encontrar empreendedores que fazem da sua conta a conta da empresa, ou vice versa.

Sim, é mais fácil ter uma conta só, porém, essa “facilidade” desorganiza e mistura tudo.

É importante que você separe suas finanças pessoais das finanças do negócio e tenha uma conta própria para sua empresa. Assim, além de conseguir controlar de perto a entrada e saída de dinheiro e ter extratos organizados, você também passa mais credibilidade para clientes e fornecedores.

Se você fizer parte de uma sociedade, então, essa dica é ainda mais importante.

2 Tenha um orçamento bem definido

Ser empreendedor é estar constantemente lutando para equilibrar vários pratos. Você precisa se preocupar com produtos, fornecedores, logística, marketing, equipe etc. E dentro de cada negócio, existem prioridades.

Você precisa saber quais são suas prioridades e objetivos para, a partir disso, traçar um orçamento bem definido. Lembre-se que por mais que você tenha muitos planos e sonhos para o seu negócio, o orçamento deve ser realista. Assim você estabelece o quanto pode gastar com cada pratinho.

Além disso, ter um orçamento também é importante para você saber por quais valores pode transitar durante uma negociação, por exemplo. Isso ajuda você a se manter na linha, muitas vezes conseguindo fazer mais com menos, evitando prejuízos.

3 Tenha uma reserva de emergência

Talvez essa seja a dica mais difícil de executar, porém, um empreendedor deve se prevenir do máximo volume de riscos possível, do contrário seu negócio pode quebrar.

Por isso, por mais que a sua empresa esteja caminhando bem no curto prazo, seja prevenido. Se você está começando, dedique-se a criar uma reserva de emergência antes de pensar no lucro. Pode ser algo difícil de fazer, mas você com certeza vai dormir mais tranquilo sabendo que tem algo em que se apoiar.

Além disso, ter essa reserva pode evitar que você precise de empréstimos e se afunde ainda mais em dívidas caso a coisa fique feia.

4 Tenha ferramentas para monitorar o controle financeiro de perto

Anotar o que você ganha e gasta em um bloquinho de papel não é o ideal para controlar as suas finanças, certo? Você precisa ter uma ferramenta que otimize seu tempo e que guarde as informações com maior segurança.

Por isso, utilize aplicativos de controle financeiro ou até mesmo planilhas. O importante é que seja lá qual for a solução que você escolher, ela esteja sempre atualizada e pronta para consulta. Não deixe de manter os dados atualizados porque isso pode virar uma bola de neve difícil de reverter.

5 Desenvolva sua inteligência financeira

Ter inteligência financeira é o que realmente separa as pessoas que têm sucesso financeiro das que não têm. Isso porque, independente do quanto você ganha, se você não se preocupa em otimizar o seu dinheiro, vai acabar com os bolsos sempre vazios.

Newsletter